Agrupamento de Escolas Dr. José Leite de Vasconcelos

 

A educar desde 1977

Visita de Estudo a São Miguel, Açores Entre 16 e 19 de Fevereiro, um grupo de 50 alunos do 10º e 11º ano efectuaram uma visita de estudo à Ilha de São Miguel, no Arquipélago dos Açores.

O dia estava cada vez mais próximo. Na véspera, as poucas horas que faltavam pareciam intermináveis. - Então já tens a mala pronta? Era a pergunta mais ouvida na sala de aula, nos corredores, no recreio. Em qualquer recanto da escola onde quer que se encontrassem os alunos a ansiedade já se apoderara de todos. Estavam cá mas já cá não estavam. O pensamento estava a centenas de quilómetros de distância - os que separa Lisboa de Ponta Delgada, justamente. Os que separam Tarouca de Lisboa já não eram contabilizados, pelo menos por agora. Há uma e meia da madrugada, impreterivelmente, como previsto, ouve-se o “ronco” do motor do autocarro. Um beijo daqui, um beijo dacolá, um abraço, outro mais apertado, uma lágrima disfarçada no canto do olho, uma última recomendação, - olha quando chegares liga logo! … Coisas de Mãe! Os pais, mais prosaicos, - não te preocupes vai correr tudo bem!... Uma frase que fica no ouvido e esconde o nervoso miudinho que também sentiam no âmago, e que só com o desaparecer do autocarro no horizonte da primeira curva vai deixando uns e outros mais tranquilos ou… resignados.

A chegada ao Aeroporto Internacional de Lisboa, ex-Portela, agora rebaptizado de General Humberto Delgado, para homenagear esse distinto português que pagou com a sua própria vida a ousadia de querer um Portugal livre e democrático, fez-se à hora prevista. Feito o chek-in lá partimos em direcção a São Miguel. Os cerca de 1500 km que nos apartam foram feitos num ápice, com a vantagem de ganharmos uma hora. Pelas 12h20 já estávamos todos reunidos no Aeroporto Internacional de Ponta Delgada, inaugurado em 24 de Agosto de 1969, e baptizado com o nome do papa João Paulo II, depois da sua passagem pela ilha em 1991.

Após o almoço, na praia das Milícias, com vista para o mar, e já depois de termos deixado o Aparthotel Barracuda para trás, fomos visitar as Grutas de Carvão, inseridas no designado "Complexo Vulcânico dos Picos". O actual Centro de Apoio de Visitantes do Troço do Paim constitui um importante espaço de interpretação, quer a visita seja de natureza turística, científica ou pedagógica como a nossa. Este primeiro dia, e o segundo também, em terras açorianas terminaria com um repasto na Universidade de Ponta Delgada, onde, por mera sorte, havia um encontro de Tunas Académicas e cujo contacto com a delegação de Tarouca traduziu-se num extraordinário convívio.

No dia seguinte, pela manhã bem cedo, ainda o sol se espreguiçava no horizonte, já estávamos a caminho da Fábrica de Chá Gorreana, localizada no lugar com o mesmo nome, da freguesia da Maia, do concelho da Ribeira Grande. Depois da visita às instalações, pela mão do Sr. José Linhares, onde ficamos a conhecer todo o processo de produção da mais antiga, e actualmente única, plantação de Chá na Europa, a laborar ininterruptamente desde 1883, e onde naturalmente também degustamos o famoso chá, nas suas diversas variedades, dirigimo-nos para o Miradouro do Pico de Ferro, localizado na freguesia das Furnas, concelho de Povoação. Dos seus 570 m de altitude vislumbra-se uma paisagem de cortar a respiração sobre a cratera vulcânica do Vale das Furnas e respectiva lagoa com o mesmo nome. Descemos, e já no interior da cratera, visitamos as famosas fumarolas e assistimos ao famoso desterrar do cozido. Se bem assistimos melhor o provamos no restaurante Banhos Férreos, onde o atendimento foi de uma simpatia inexcedível! Após o almoço fomos a banhos. Primeiro, para nos acautelarmos com uma digestão bem feita, visitamos o Parque Terra Nostra, cuja beleza, mesmo nesta altura do ano que precede a Primavera é avassaladora. Depois, sim, na Poça da Dona Beija, uns banhos com águas a rondar os 40 ºC. Ao fim da tarde, a visita à Quinta Augusto Arruda, na Fajã de Baixo, para ver as plantações de ananás. O dia terminou com a actividade de Geocaching,

No Sábado de manhã sob um sol lindíssimo, do Miradouro da Lagoa do Fogo, localizado na freguesia da Conceição, concelho da Ribeira Grande, a uma altitude de 700 m, vislumbramos a bela Lagoa do Fogo, segunda maior da ilha, e classificada como Reserva Natural desde 1974, bem como a costa Norte de São Miguel.

De seguida, deslocamo-nos para o Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha, na encosta norte do maciço central da Serra de Água de Pau. Trata-se de uma área integrada no Parque Natural de Ilha e classificada como Monumento Natural desde 2008. Fomos recebidos pelo Tiago Meneses que nos “transportou” por um conjunto de painéis numa viagem pela origem vulcânica das ilhas, do complexo vulcânico da Lagoa do Fogo e por um outro conjunto de informações que dizem respeito à biodiversidade, geodiversidade, geotermia e termalismo. Com muita pena nossa apenas desfrutamos de um passeio relaxante, pois não houve tempo para nos banharmos nas duas poças de água quente natural que actualmente aí existem.

Ainda antes do almoço, paramos no Miradouro da Vista do Rei, cujo nome se deve à visita do rei Dom Carlos e da rainha Dona Amélia que, certamente tal como nós, devem ter ficado extasiados com a soberba paisagem da Lagoa das Sete Cidades. A título de curiosidade, mesmo atrás de nós, junto ao Miradouro, pode ainda encontrar-se em ruinas e ao completo abandono o não menos majestoso Monte Palace Hotel, hotel de 5 estrelas encerrado em 1990 e abandonado depois em 2011.

Por ter corrido tudo muito bem, estamos todos de parabéns, desde logo os alunos, que com o seu saber ser e saber estar enobreceram a actividade e dignificaram a escola que representam e o concelho em que orgulhosamente vivem. Os Assistentes Operacionais pela prontidão e dedicação. Os professores Orlando Marinho, Ricardo Pereira e Sandra Lázaro pela ideia de levarem a cabo e desenvolverem um projecto desta envergadura, cuja persistência e porque não dizê-lo, a paciência, em especial do professor Ricardo foi colocada à prova dezenas de vezes. Ao Sr. José Teixeira, motorista dedicado e paciente, estamos gratos, pois não raras vezes ultrapassou largamente o horário da jorna para nos fazer as vontades… Sim, porque a ilha é pequena se andarmos de autocarro, mas a pé é uma enormidade!

Voltamos a Tarouca no Domingo, dia 19, todos com muita vontade de lá ficar ou com juras de promessa de regressar, quais namorados apaixonados! … Pela paisagem, os banhos, simpatia, boa comida, limpeza, higiene, o cuidado colocado no arranjo de todos os lugares e claro, as vacas felizes. A distância media-se agora em … cansaço! Mas que belo cansaço! Como escreveu Pessoa, Deus quer, o homem sonha, a obra nasce. Fomos sob a sua protecção, e o sonho, esse que comanda a vida, no dizer de outro grande Poeta, António Gedeão, concretizou-se. Foi obra!

Terminar este artigo a agradecer publicamente, embora não precisem nem o esperem, ao Professor Eduardo Costa, Director do Agrupamento de Escolas Dr. José Leite de Vasconcelos de Tarouca, e ao Senhor Presidente da Câmara Municipal de Tarouca, Valdemar Pereira, pela sua visão e apoio dados desde a primeira hora, nomeadamente ao nível do transporte e pela importância que se revestiu para a comunidade quer tenha ou não participado neste projecto, é da mais elementar justiça. Quem participou jamais irá esquecer, quem não participou irá querer participar no futuro em projectos semelhantes. Para ambos, o nosso bem-haja. Temos a certeza que a comunidade o saberá reconhecer.

(os professores, Orlando Marinho, Ricardo Pereira e Sandra Gonçalves)

sede_20100516_1621921323.jpgsede_20100516_1329777541.jpgsede_20100516_1713574286.jpgsede_20100516_1858185567.jpgsede_20100516_1632887189.jpg3.jpgsede_20100516_1411932968.jpgsede_20100516_1924510682.jpgsede_20100516_2011994367.jpgsede_20100516_1383787961.jpgsede_20100516_1872039503.jpgsede_20100516_2046212402.jpgsede_20100516_1843703752.jpgsede_20100516_1618606304.jpgsede_20100516_1668120758.jpg2.jpg1.jpgsede_20100516_1292824521.jpg

Visitas

2362397

2017-11-23 18:28

Temos 108 visitantes e 0 membros em linha